Resenha de "Um Novo Amanhã", A Pousada #1

Nora Roberts já escreveu mais de 200 livros, incluindo várias séries, e se tornou conhecida e querida por suas histórias cativantes.
"Seu coração disparou. Bom, Clare fazia isso acontecer desde que ele tinha 16 anos."
Quando os irmãos Montgomery anunciaram a reforma da única pousada de Boonsboro, os moradores ficaram eufóricos com a novidade e ansiosos para a reinauguração.

Extremamente ligado à pousada, Beckett é o arquiteto da família e vive atarefado com as obras, mas nunca perde uma oportunidade de comer pizza e beber cerveja com Ryder e Owen, seus irmãos mais velhos.

Apesar de praticamente viver na pousada em construção, Beckett sempre arranja tempo de ir à livraria do outro lado da rua para ver seu antigo amor, Clare Brewster, dona do lugar. Ele é apaixonado por ela há muitos anos, mas nunca pôde se declarar, pois ela se casou e foi embora da cidade. Desde que Clare retornou, viúva e com três filhos, tudo o que ele quer é chamá-la para sair, mesmo com medo, especialmente por ela não abrir espaço para um novo relacionamento. 

Contudo, parece que o momento perfeito surge quando Clare começa a ajudar os Montgomery com os preparativos da pousada e Beckett finalmente vê uma chance de aproximação. 
"Ryder, seu irmão mais velho e empreiteiro-chefe, já tinha uma data prevista para a instalação dos parapeitos a balaústres. Beckett sabia disso porque Owen, o irmão do meio, reclamava com todos eles a respeito de prazos, planejamentos e livros de contabilidade, e mantinha o caçula informado de cada prego colocado - mesmo que Beckett não quisesse saber."
Um Novo Amanhã pode parecer mais do mesmo e de fato é, mas se tem uma coisa que Nora faz muito bem é transportar o leitor a um ambiente acolhedor, no qual todos gostariam de passar as férias. Boonsboro é uma típica cidade pequena de filme americano, onde todos se conhecem, e o modo como ela foi descrita a tornou mais crível e doce. Um detalhe incrível é que, na pousada, os quartos têm nomes de casais famosos na literatura - deve ser lindo ficar em um quarto cujo nome é Elizabeth&Darcy.

A história é narrada em terceira pessoa, de forma bem fluida, e enfoca a vida de Beckett e Clare e a reforma da pousada. Ao longo da narrativa, é possível conhecer não só a rotina e os trabalhos dos protagonistas, como também seus medos e suas personalidades. Como já era esperado, os (futuros) casais e os acontecimentos gerais foram previsíveis, mas, se você iniciar a leitura ciente desse fato, o livro não irá decepcionar. Afinal, quando são bem escritas, essas histórias leves e sem pretensão podem agradar e entreter - o que é o caso.

Mesmo que tenha sido bonito ver um amor do passado se tornar realidade, Beckett e Clare não convencem como casal. Há momentos românticos, fofos e de companheirismo - por exemplo, quando os dois estão sozinhos ou Beckett cuida dos filhos dela -, porém, na maioria das vezes soou superficial. Outro ponto negativo é que a narrativa tem alguns diálogos pouco palpáveis, difíceis de acreditar. 

Quanto aos personagens, meu favorito foi a Avery, melhor amiga de Clare e dona da Pizzaria Vesta, pois ela é divertida, carismática e tem personalidade forte. O relacionamento da família Montgomery é muito bonito, assim como a relação entre Clare e os filhos, repleto de amizade, compromisso e algumas afinetadas. Além disso, o toque sobrenatural (tem uma fantasma na história) caiu como uma luva, na medida certa; e o assédio também foi abordado, mas poderia ter sido mais aprofundado.

O primeiro livro da trilogia A Pousada é uma boa opção de leitura numa tarde tranquila, mas (agora) não me empolgou o suficiente para ler a continuação. A editora fez um ótimo trabalho, a capa combinou bastante com a história e o mapa dos arredores da pousada também ficou bem legal.
  • Escrito por Nora Roberts.
  • Editora Arqueiro.
  • Tradução: Janaína Senna.
  • 320 páginas.
  • Disponível em todas as livrarias.
  • Recomendo. 
*Exemplar para resenha.

19 comentários:

  1. Até fiquei com vontade de conhecer esse Avery... Adorei!!

    Resenha linda! ♥

    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Rafa!
    Uma pena que na sua opinião o casal não convenceu.
    Já estava achando que era um daqueles romances arrebatadores, onde o amor do passado volta com tudo e conquista.
    Adoro a Nora e ainda com suas ressalvas, gostaria de ler o livro.
    “ O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.” (Samuel Johnson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafaela,
    Por mais que a Nora Roberts seja bastante famosa, nunca li nenhuma de suas obras. Um novo amanhã parece ser um romance bem clichê, mas alguns elementos que a autora inseriu na trama me chamaram atenção, como o fato do protagonista ser arquiteto e a mocinha ter uma livraria, pois são dois temas frequentes na minha vida. Beckett e Clare terão uma nova chance de viver esse amor do passado, o que acho lindo, mas espero que a história tenha algumas surpresas. Gostei muito da premissa deste livro e vou procurar saber mais!!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Gostei da resenha, tenho mta vontade de ler os livros da Nora, já li mtos comentários bons sobre a escrita dela, espero uma oporutunidade de conhecer...
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Sou fã da autora e fã desse gênero literário.
    Essa trilogia já está na minha listinha de leituras e espero que em breve eu possa conhecer essas histórias.
    Apesar de alguns pontos negativos no livro em questão, me parece ser uma leitura bacana. Que consegue envolver o leitor.
    Confesso que estou bem animada pra ler :)
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  6. Confesso que nunca li muitas obras da Nora, mas a tempos estou de olho nesse livro, gosto muito quando as historias tem mistério envolvido. Parece um romance leve e descontraído. Quero ler o quanto antes

    ResponderExcluir
  7. Nunca li muitas obras da Nora/rt
    Mais ultimamente bastante gente esta falando e fiquei bem curioda pra ler. Adorei o resumo e quero muitô ler!!

    ResponderExcluir
  8. Estou doida pra ler essa trilogia, curto muito a escrita da Nora Roberts, os livros já estão na meta de leitura desse ano, que pena que a história não te empolgou o suficiente para ler a continuação.

    ResponderExcluir
  9. Adoro os livros da Nora Roberts!! E sem dúvida fiquei louca de vontade para ler mais essa trilogia!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Oi, Rafaela! Tudo bem? Infelizmente não tenho interesse de ler nenhum livro da Nora Roberts. Todos me parecem ser muito clichês :/

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Rafa!
    Eu adoro a Nora. Já li uns livros ótimos dela.
    E, realmente, ela te acolhe e você quer ficar por ali.
    Mas sabe que essa questão dos diálogos pouco palpáveis é algo que já notei em algumas obras dela?
    E que pena que o casal não convenceu.
    É ruim quando num romance isso acontece, né?

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  12. Oie,
    não conhecia a série, mas já gostei!
    Capa linda e premissa ótima!
    Adorei a resenha

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz
    Canal no youtube

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li nenhum livro da Nora!
    Quero muito ler esse livro e o box do Quarteto das Noivas!
    Só preciso de dinheiro agora!

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito da Resenha, Eu já li alguns livros da Nora e gosto da maneira como escreve, esse com certeza vai para lista!!!

    ResponderExcluir
  15. Oi Rafaela, tudo bem?
    Eu nunca li nada da Nora, mas sempre ouço elogios. Não sabia que ela já havia escrito essa quantidade de livros. A história tem tudo para ser boa, mas se não conseguimos sentir o amor entre eles, fica meio sem sentido a proposta do livro.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  16. Amei a trilogia. Adorei a amizade entre as protogonistas e a relação familiar forte presente nos livros. Nora é maravilhosa e a forma como ela adicionou Lizzie a historia fez tudo parecer muito real.

    ResponderExcluir
  17. Nunca me interessei pela leitura desse livro, não porque a trama previsível, até pelo fato de que não tenho problemas com isso, desde que a trama seja bem descrita e desenvolvida, que e o caso dessa livro, mas sim pelo casal não ter um envolvimento convincente, no qual já havia visto não só na sua resenha, mas também em outas.

    ResponderExcluir
  18. Oi Rafa!
    Adoro a Nora! Ela tem uma linguagem viciante que eu não consigo largar. Eu já li esse livro e a personagem que eu mais gostei também foi a Avery. Ela é muito extrovertida e tem posicionamento. Ainda não li os outros, mas pretendo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  19. Oi Rafa ;)
    Como geralmente gosto dos livros da Nora, acho que esse não vai ser diferente.
    Não conhecia o livro ainda, mas Boonsboro parece maravilhosa e os personagens parecem super carismáticos.
    Adorei sua indicação, já add a lista de leitura.
    Bjos

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária