Resenha de "Segredos de uma noite de verão", As quatro estações do amor #1

Um romance de época tão encantador, diferente e peculiar que foi muito fácil designá-lo como o melhor que já li.
"O problema era que Simon ainda não havia descoberto como fazer com que Annabelle gostasse dele, já que ela sentia repulsa a tudo o que ele era. Simon estava ciente de que poucas coisas nele eram atraentes. Além disso, não tinha ambição de se tornar um cavalheiro assim como um tigre não aspirava se tornar um gato. Era apenas um homem com dinheiro de sobra, acompanhado da frustração de perceber que não poderia comprar aquilo que mais queria."

Aos 24 anos, sem dote e vendo o declínio financeiro de sua família, Annabelle Peyton decide procurar um marido nobre. Contudo, os cavalheiros estão mais interessados em tê-la como amante do que pedi-la em casamento e, já que a primeira opção nunca esteve em seus planos, ela continua sua busca.

Durante um dos últimos bailes da temporada, Annabelle conhece três jovens - Líllian, Daisy e Evangeline - com problemas em conseguir um bom casamento e, no ápice da frustração, elas elaboram um plano para encontrar um marido para cada, começando pela própria srta. Peyton. Com a lista de pretendentes concluída, as quatro decidem colocar o projeto em prática nas festas de Stony Cross, propriedade do conde Westcliff.
"No entanto, tinha ganhado, de uma única vez, três amigas com quem possuía algo em comum, apesar de suas origens serem radicalmente diferentes. Eram todas jovens, com sonhos, esperanças e medos - cada uma delas totalmente familiarizada com a imagem de um cavalheiro de sapatos negros e polidos andando em sua fileira de cadeiras em busca de algo mais promissor. As solteironas não tinham nada a perder ajudando umas às outras, e sim tudo a ganhar."
Annabelle viu Simon Hunt pela primeira vez em Leicester Square e, no final do espetáculo de panoramas, ela desejou nunca mais reencontrá-lo. Dois anos depois, ambos têm de conviver durante os eventos da temporada, incluindo o período em Stony Cross, para a infelicidade dela. Afinal, o sr. Hunt não é uma boa companhia, muito menos um cavalheiro: filho do açougueiro, aos 21 anos deixou a loja da família em busca de uma vida melhor e, ao longo de 12 anos, com muito trabalho e esforço, conquistou respeito e uma fortuna invejável. 

Entretanto, quando ela encontra o pretendente ideal com a ajuda das amigas, a presença constante de Simon começa a tirar sua concentração da tarefa de conquistar o futuro marido e, depois de uma certa noite de verão, a situação se complica ainda mais. 
"Os olhos dele eram definitivamente bem atraentes, pensou Annabelle, distraída. Vibrantes e cheios de vida, faziam com que ela se perguntasse por que as pessoas normalmente preferiam olhos azuis aos escuros. Nenhum tom de azul poderia transmitir a ebulição inteligente que brilhava nos profundos olhos negros de Simon Hunt."
Se por um lado há a típica previsibilidade com relação ao futuro do casal; por outro, a autora trata de questões bem interessantes e abrangentes, como: um personagem masculino que nasceu em uma família pobre, mas, com contatos e inteligência, tornou-se rico através dos ramos industrial e ferroviário; além da divergência entre a aristocracia e os industriais emergentes. 

Os dois exemplos mencionados foram consequências da Revolução Industrial e, ao se considerar o gênero do livro e a sua proposta, é possível afirmar que a autora os desenvolveu com maestria. Simon era respeitado por todos, mas visto com maus olhos por sua ascensão, afinal, ele não possuía herança ou propriedades como a aristocracia. Isto também pode ser percebido através do modo como Annabelle o julgava um péssimo pretendente.

Lisa Kleypas escreveu uma história apaixonante, divertida e envolvente, que agrada por lidar com assuntos ou situações presentes no século XIX e pelos personagens carismáticos e bem construídos. Annabelle é uma mulher forte, altruísta e sarcástica, que nunca se esquece de seus valores; Simon mostrou-se o completo oposto do que ela pensava: uma pessoa doce, misteriosa, de boa índole e inteligente.

O ar despojado e cômico ficou por conta de Líllian, Daisy e Evie, tanto pelas cenas em que elas e Annabelle estavam juntas (o jogo foi uma das melhores), quanto pelo modo como tratavam o casamento (um negócio). As quatro não se conformam com o que lhes é imposto, fazem pequenos atos de igualdade e reclamam de convenções ou injustiças. É difícil não gostar delas ou de seus comentários.

É bonito acompanhar como o amor aparece de forma gradual, arrebatando o casal aos poucos e sem pressa. Os protagonistas são cativantes e conquistam o leitor por serem tão determinados, distintos, perspicazes e charmosos. A cada página, torcia para que eles se reencontrassem, mesmo que fosse por uma troca de olhares ou diálogos espirituosos. Todas as cenas sensuais foram descritas com atenção e paixão, mas ocasionais.

O único aspecto que me incomodou foi a maneira abrupta com que a autora escreveu os dois últimos capítulos, eles não foram mal escritos, mas Kleypas poderia ter colocado algo para complementar a história antes do epílogo. Um ponto notável é que um personagem da série Os Hathaways é mencionado neste livro, criando uma conexão (mínima) com outros livros. Além disso, a editora fez um ótimo trabalho com a capa e a revisão. Em suma, repito o que afirmei no início: este foi o melhor romance de época que já li.
  • Escrito por Lisa Kleypas.
  • Editora Arqueiro.
  • Tradução: Janaína Senna.
  • 287 páginas.
  • Disponível em todas as livrarias.
  • Recomendo! 
*Exemplar para resenha.

31 comentários:

  1. Amei esse livro foi uma dos melhores romance de época que já li, estou ansiosa pra ler os próximos livros, a série Os Hathaways ainda continua sendo a minha favorita.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha. Fiquei com muita vontade de ler o livro. Depois de "O Príncipe dos Canalhas", fiquei encantada por romances de época. Beijo pra vc, Rafa.

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafa, tudo bem?
    Já li algumas resenhas de Segredos de uma noite de verão, e todas me deixaram doida para ler o livro. O que me chamou a atenção foi o fato da autora ter colocado o romance devagar, aos poucos, assim podemos ver como o casal evolui sem aquela correria toda, gosto quando trabalham o romance assim!
    Já está na lista de desejados, e espero comprar logo!
    Bj

    Visite: Blog Passeando com os livros

    ResponderExcluir
  4. Confesso que ainda não li nenhum romance histórico. Possuo um exemplar de "O Duque e Eu" e estou sempre enrolando para lê-lo. Pretendo começar no mês de março, e tenho quase certeza que vou amar o gênero. Quando mergulhar dos romances históricos, "Segredos de Uma Noite de Verão" entrará para minha lista, adorei sua resenha e me interessei bastante em conhecer melhor os personagens. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Rafa! A série anterior da autora é bem mais legal, mas ainda assim, esta aqui é uma graça. Estas solteiras malucas me fizeram rir demais e eu quero ler logo o próximo, que acredito que será do casal mais teimoso.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Rafaela!
    Sou totalmente apaixonada pelos romances de época, principalmente os ambientados no século XIX.
    A escrita da autora é fabulosa e foi uma verdadeira aula de história sua resenha.
    “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  7. Achei super legal esse ponto de fazer o personagem se fazer. Porque quantos livros do gênero não li onde os mocinhos são ricos desde o nascimento e não lutaram por aquela riqueza? Achei super interessante ela ter feito isso diferente com ele. E o fato das mocinhas serem fortes e unidas também. O final me incomodou um pouco também, os últimos capítulos passarem rápido, foi meio corrido. Mas não tirou a beleza do livro e essa é uma série que adorei ler. Vale a pena, continue com os próximos!

    ResponderExcluir
  8. Sabe que até não curtindo o gênero, e olha que não gosto.
    Será que terminou de forma abrupta mesmo, ou você que queria mais??

    Adorei a resenha flor!

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
  9. Oi, Rafaaaaa!
    Já vi um monte de gente falando que Segredos de Uma noite de Verão é um dos melhores livros de romance de época que tem.
    Estou super querendo ler.
    Mas ainda nem comecei Os Hathaways, hahaha. Só que pelo jeito esse é melhor, né?
    Vou procurar para comprar.
    E que legal que ele é divertido e apaixonante.
    Nem li e já quero o Simon Hunt, hahaha.
    Pena que o final é abrupto, detesto quando o autor faz isso. Parece preguiça, não parece?

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Rafaela! Tudo bem? Infelizmente não curto ler livros com essa pegada, mas fico feliz em saber que você gostou da obra. Essa capa é linda! ^^ Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie Rafa =)

    Eu não tive uma boa experiência com a autora na série passada dela, mas estou animada para ler essa. Tenho esse livro em e-book e espero ter a oportunidade de conferir a história em breve.
    Espero não me decepcionar ;)

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  12. Oie,
    já vi este livro em vários lugares, mas ainda não comprei.
    Parece ser uma boa história.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu não curto romance de época. Amo as capas desse estilo geralmente são lindas, mas não consigo ler nenhuma história, e olha q já tentei muito rs

    ResponderExcluir
  14. Eu nunca li romances de época, mas tenho muita curiosidade em ler. Depois da sua resenha, coloquei esse livro na minha TBR obrigatória desse ano haha.
    Abraços!
    apenasumaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Esse livro é lindo, mesmo! Sou apaixonada por romances de época, e esse tem uma facilidade enorme de nos conquistar <3 ótima resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "O Lado Feio do Amor", vem conferir!

    ResponderExcluir
  16. Não sou muito habituado com esse gênero, mas para começar a me aventura pelos romances históricos, essa história não me interessa muito. Sua resenha está ótima, parece ser um livro encantador. A capa é muito bonita, as edições da Arqueiro são de arrasar. Abs
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oie Rafa
    menina, qual é esse dom de me convencer a ler todos os livros que você resenha? eu amo romances de época, e esse eu ainda não tinha tido oportunidade.Já li um livro da autora, e me apaixonei.
    Espero ler esse em breve.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  18. Olá Rafa, eu não sou muito de romances hahah mas confesso que fiquei com vontade de ler esse livro,não só pela resenha,mas a capa me chamou bastante atenção,com certeza colocarei na minha listinha desse ano. bjss

    ResponderExcluir
  19. Ahhh! Gostei muito desse livro <3 Quando eu me dei conta já tinha terminado a leitura RSR
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Hey!
    Adoro romances de época. Este livro já está na minha lista de leituras, estou muito ansiosa para o ler. Amei sua resenha.

    ResponderExcluir
  21. Sou apaixonada por romance de época! A primeira série desse gênero que li foi Os Bridgertons, de Julia Quinn e desde então não parei mais!
    Estou com a série Os Hathaways na estante para ler, mas ainda não tive tempo para eles, tem muitos outros na fila! Já havia visto essa bela história da Lisa, mas não vou comprar ainda porque não tem a série completa lançada e eu simplesmente detesto ter que esperar pelos próximos volumes. Acabo procurando traduções dos originais para ler e quando eu já li um livro perco a vontade de comprar :( então não teria graça ter a série incompleta na estante... Sou muito ansiosa e não aguentaria esperar pela sequência. Os Bridgertons acabei lendo em pdf pela net e só vou tê-los na estante pois já me prometeram de presente! kkk'
    Beijos, Rafaela! Ótima resenha <3

    ResponderExcluir
  22. Não tenho costume de ler romance de época, apesar de adorar um bom romance. Não conhecia esse livro, adorei sua resenha, despertou minha curiosidade pela leitura, só não entendi muito bem, esse é o primeiro livro de uma série? Os Hathaways é outra série da mesma autora? hahaha fiquei meio perdida nisso.

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  23. Eu adorei esse livro, estava louca para lê-lo e quando terminei não me arrependi! Adorei a forma que os dois se conheceram, adorei a amizade das meninas e principalmente as americanas deram um contrates com as inglesas trazendo um ar mais cômico para a história, estou louca para o próximo que promete muitas discussões!

    ResponderExcluir
  24. Oi! Eu li esse livro no final do ano passado e também amei, a capa é linda e o conteúdo ainda mais. Amo romances de época ainda mais quando eles vem com esse frescor que as meninas deram a ele. Um assunto que poderia ser angustiante naquela época elas deixaram mais leve com o jeito sarcástico e as brincadeiras que faziam com a situação. O mocinho é maravilhoso, ele foi muito paciente e não se ofendia mesmo quando estava na cara que ela não o queria pela sua origem. Também achei o final rápido, mesmo assim gostei.

    ResponderExcluir
  25. Aiii sou looouca para ler os livros dessa autora,ee esse parece ser superdivertido!!!
    Gostei muito da premissa e das resenhas que leio, e as personagens parece serem bem engraçadas apesar de toda essa loucura pra casar logokkkk
    bjooos

    ResponderExcluir
  26. Faz muito tempo que eu não leio romance históricos, e eu to muito curiosa para ler essa historia porque TODOS falam super bem desse livro, espero ler em breve!

    ResponderExcluir
  27. Como eu adoro romances de época, não poderia deixar de ficar curiosa para ler o livro, Já li Os Hathaways da autora e gostei muito, quero saber qual personagem da serie é mencionado em Segredos de Uma Noite de Verão.

    ResponderExcluir
  28. Oi Rafa, suas resenhas são sempre impecáveis. Até agora eu só li a série Perdida da Carina Rissi como romance de época. Coloquei "SEGREDOS DE UMA NOITE DE VERÃO" na minha lista de desejados e pretendo lê-lo em breve.

    Um beijo.
    www.arafaelagodoy.com.br

    ResponderExcluir
  29. você já leu algum livro da Julia Quinn? Você acha esses da Lisa Kleypas melhores que os dela? Ainda nao li nada das duas autoras, mas quero ler logo.
    Esse livro parece muito fofinho e bem-humorado, ótimo pra deixar a gente felizinha :D
    Gostei bastante do Simon Hunt pela sua descrição!

    ResponderExcluir
  30. Que resenha linda <3
    Nunca li nenhum livro dessa autora, mas só leio elogios em todo lugar. Depois da Julia Quinn, romance de época ganhou um lugarzão na minha estante, vou adicionar Segredos de uma noite de verão pra minha lista (mais um Simon *suspiro*)

    ResponderExcluir
  31. Recentemente me apaixonei pelos romances de época, e esse logo entrou na minha wihslist, foi mais pela capa, confesso, mas sua resenha me deu mais ânimo para lê-lo.
    beijos!

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária