Resenha de "Enfeitiçadas", As Crônicas das Irmãs Bruxas #1

Sem sombra de dúvidas, este foi um dos melhores livros que já tive o prazer de ler. Histórias sobre bruxas sempre me cativaram, mas Jessica Spotswood fez um trabalho tão excepcional, ao conciliar ficção histórica e bruxaria, que fiquei completamente enfeitiçada.
"Eu gostaria que a Mãe estivesse aqui. Preciso dela. Não só para nos dizer como manter a magia em segredo do Pai, dos Irmãos, da governanta e de todos os vizinhos, mas para nos ensinar como ser bruxas e damas e a crescer sem perder as nossas melhores e mais verdadeiras partes."
Há muitos anos atrás, durante o século XVIII, as bruxas tinham poder absoluto, mas após um evento conhecido como Terror, no qual multidões, incitadas pelo Irmão William Richmond, queimaram templos e bruxas, a Fraternidade tornou-se governante legítima da Nova Inglaterra. Com os Irmãos no poder, qualquer mulher com atitude suspeita passou a ser julgada e enviada a um hospício, mais conhecido como Harwood, ou a um navio-prisão.

Na cidade de Chatham, cerca de 120 anos depois, a jovem Cate Cahill vive com um enorme peso nos ombros desde que prometeu à mãe, em seu leito de morte, que iria cuidar das irmãs mais novas, Maura e Tess. Porém, a promessa vai além dos afazeres e responsabilidades corriqueiras, afinal, Cate também precisa esconder de todos o fato de que elas são bruxas.

Alguns meses antes de completar 17 anos, Cate inquieta-se com a chegada da sua cerimônia de intenção, na qual deve informar aos Irmãos sua escolha: casar-se e constituir uma família ou juntar-se à Irmandade, braço feminino da Fraternidade, e dedicar sua vida aos estudos e a caridade. Aconselhado por uma vizinha, o Pai dela contrata uma governanta, a Irmã Elena, para ajudá-la com a cerimônia e instruir Maura e Tess em eventos sociais, enquanto ele passa mais uma temporada em Nova Londres.

Todavia, quando Cate, instigada por um estranho bilhete, encontra o diário de sua mãe e descobre a existência de uma profecia envolvendo ela e suas irmãs, os outros problemas tornam-se menores. Afinal, a profecia diz que, ao alvorecer do século XX, um trio de irmãs bruxas chegará a idade adulta e uma delas, a mais poderosa, terá o dom da magia mental e será responsável pelo ressurgimento do poder das bruxas ou do segundo Terror.

Apesar de estar desesperada para obter respostas e, no meio do caminho, descobrir que a profecia é ainda pior do que pensava, Cate ainda precisa lidar com chás da tarde, alguns problemas em casa, novas e valiosas amizades, os discursos fervorosos dos Irmãos, o retorno de seu melhor amigo de infância, e um romance repentino com Finn, o jardineiro da família.
"Ele é tão tentador... Quando estou com ele, tenho vontade de esquecer tudo sobre profecias, obrigações e irmãs. Quero ser uma garota normal apaixonada."
Com uma escrita envolvente, fluida e sedutora, Spotswood conduz o leitor por uma história bem estrutura, repleta de acontecimentos sombrios, sentimentos revoltantes (ou contraditórios) e delicadeza. A forma como ela intercala cada discussão, descoberta ou momento de tensão com cenas mais divertidas, leves ou românticas, é tão crível que a narrativa segue em um ritmo natural - em que até mesmo os clichês se encaixam com harmonia. Ademais, Cate como narradora foi a escolha mais sensata e acolhedora, visto que ela pôde captar a responsabilidade familiar, os medos e as inseguranças com maiores detalhes e de forma mais analítica.

De longe, Cate é uma protagonista pela qual vale a pena torcer. Por ter perdido a mãe com apenas 13 anos e assumido a incumbência de cuidar das irmãs, ela demorou bastante tempo para encarar a bruxaria como algo bom. Aliás, Cate é uma garota altruísta, inteligente, cuidadosa (de forma exagerada, às vezes) e que ama cuidar do jardim, mas sente-se apagada e sem graça perto de Maura, que não perde a oportunidade de criticar a irmã mais velha. Conforme seu amor por Finn se desenvolve, Cate encontra paz e esperança dentro de si, pois ele a aceita como é e a ama verdadeiramente.

À primeira vista, Maura parecia ser uma garota passional de 15 anos que adora romances, a irmã mais linda e parecida com a mãe. Porém, em pouco tempo, ela mostrou uma personalidade bem diferente: egocêntrica, mimada e que não mede esforços para alcançar seus objetivos, mesmo magoando e prejudicando as pessoas ao seu redor. Tess tem apenas 12 anos, mas é tão cuidadosa quanto Cate, além de ser a mais inteligente, doce e perceptiva. Sua amizade com a irmã mais velha é linda e baseada na lealdade e confiança; ela tenta ser o ponto de equilíbrio entre as três, apesar da dificuldade.

Assim como as irmãs de Cate, os personagens secundários são inseridos e aprofundados gradualmente na narrativa. Finn é filho de livreiros e ama ler, ele e a senhorita Cahill se conhecem desde sempre, mas só reparam um no outro quando o pai dela o contrata. Gostei bastante de como o romance aconteceu, um amor que surge a partir da convivência, com conversas e encontros no jardim. Outras duas personagens que chamaram minha atenção foram Sachi Ishida e a senhora O'Hare por suas atitudes e convicções. Paul é um bom rapaz, porém, no fundo, não é muita coisa se comparado aos outros.

Em uma sociedade na qual mulheres e meninas são tratadas com intolerância e crueldade, como se fossem seres frágeis e amedrontados que devem obedecer, é difícil permanecer tranquilo durante a leitura. Porém, a cada pessoa que vai contra tais atitudes, a trama ganha força e brota um pouco de esperança para o futuro. Cabe ressaltar que, apesar de ter um romance em andamento, o foco nunca deixa de ser as bruxas e a maldade da Fraternidade.

Como este é o primeiro livro da trilogia, trata-se de uma introdução muito bem feita ao mundo das irmãs Cahill, seus poderes e o medo que os Irmãos provocam nas pessoas. Por isso, as principais lacunas não foram preenchidas e o final é um gancho para o próximo livro. Adorei a capa, pois combina bastante com Cate; além disso, a editora fez um bom trabalho com a revisão e a primeira página de cada capítulo é composta por arabescos.
  • Escrito por Jessica Spotswood.
  • Editora Arqueiro.
  • Tradução: Ana Ban.
  • 271 páginas.
  • Disponível em todas as livrarias.
  • Recomendo! 

34 comentários:

  1. já li muito a respeito dessa serie de livros e to bastante curiosa pra ler, gostei da sua resenha e lerei os livros assim que puder.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com raiva da Cate em certas partes, esperava que fosse se impor mais, porém ela travava na parte que tinha que fazer alguma coisa. Mesmo assim gostei da história apesar de ter bastante clichês. Não fiquei lá muito satisfeita com o final, porém estou com altas expectativas para o próximo livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Rafaela!
    Nossa! Desejo essa série desde o lançamento porque tem a temática bruxa e essa capa é altamente convidativa para leitura.
    Adorei sua análise.
    Uma semaninha mais que abençoada!
    “Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito.”(Machado de Assis)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Rafaela! Tudo bem? Adorei a resenha! Acho a capa desse livro muito bonita mesmo e a premissa da obra também me chama a atenção. Espero ler o livro em breve! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Estou looooouca para ler essa trilogia!
    Amooo livros de bruxas, fadas, etc. e esse parece ser superbem escrito, coerente e cativante!
    Já está na big wishlist! rs
    Só não sabia que a irmã do meio da Cate era tão chata assim! Credo, a irmã cuida dela mais que tudo e ainda é egoísta! =\
    Amei a resenha!! Aiii, agora to ainda mais curiosa para lê-lo!!!!!! rs
    bjooos

    ResponderExcluir
  6. Ooi, Rafa!
    Acho essa capa tão linda!
    Já queria ler, ainda mais agora que você disse que foi um dos melhores que você leu.
    Parece bem girl power, né? :)
    Tenho certeza que vai ser o tipo de leitura que não vai me deixar indiferente.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  7. Adooooor livros assim. *-* Nunca tinha ouvido falar sobre esse. Curti sua resenha e amei o blog!

    Beijos
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oieee... você conseguiu transformar um livro que eu não leria em algo que eu preciso ler hahaha
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
  9. Adorei sua resenha.
    Quero muito ler As Crônicas das Irmãs Bruxas, acho a história super interessante e adoro histórias de fantasia, e sem contar as capas dos livros que são super lindas, lendo sua resenha fiquei mais ansiosa ainda para começar a ler os livros, pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  10. Oie,
    eu li este livro faz algum tempo e confesso que gostei bastante.
    Fui ler o segundo, mas ainda não consegui rsrsrs Doida para ver o resto da série.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Rafa!
    Eu estou super curiosa a respeito deste livro!!
    Por mais que o primeiro livro seja mais uma introdução, eu gosto bastante deste tema de bruxas e tal.
    Fiquei muito curiosa e interessada!!
    Beijocas!!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Adoreiiiii a resenha!!! Eu amo essa trilogia. Em breve vou ler o último livro. Estou mega ansiosa!!

    E pelo que vi, você gostou né.... Vai amar os outros!!

    Bjksssssss

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Rafa! Eu li apenas o primeiro e por conta da Editora lançar tantos romances de época, eu dei preferência à eles e deixei esta série em pausa. Traz uma trama bem envolvente e cheia de reviravoltas e com certeza é uma das melhores que temos atualmente. Que bom que você curtiu.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  14. Tenho os dois primeiros livros dessa trilogia, porem ainda não pois ainda não tenho o terceiro, curto muito história sobre bruxas e cada resenha que vejo dos livros me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  15. Oiiiii Rafa, apesar de ver algumas resenhas de opiniões bem positivas com relação a esse livro, a sua resenha me despertou ainda mais a curiosidade de ler esse livro. Que pelo que pude sentir, foi muito bem escrito pela Spotswood. Achei muito bom quando tu apontou sobre a qualidade da autora, como ela intercalar as cenas e tal. Enfim, tudo é fruto de uma trama bem estruturada (como você também apontou). Além disso tudo, a capa é maravilhosa né?

    bju
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  16. Oi Rafa!
    Vou confessar: nem olhei duas vezes para os livros dessa trilogia. Mas agora, lendo a sua resenha, achei que a mistura tem elementos interessantes. Continuando achando que não vou ler, mas já vejo com outros olhos.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. É um tipo de livro que morro de curiosidade de ler, mas não sei se leio.
    Elementos interessantes ok, vou ver se dou uma chance!

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    É muito bom quando o livro tem uma escrita envolvente e é bem estruturado!
    Percebi que todos os personagens são bem explorados no livro, incluindo os coadjuvantes, isso é ótimo!
    Essa capa é linda!
    Adorei a resenha!
    Beijos... Samantha Culceag.
    Só pra Menores

    ResponderExcluir
  19. Oie Rafa =)

    Leio resenhas bem positivas dessa série, mas como são tantas séries literárias lançadas todo mês fica difícil acompanhar todas rs...
    Tenho bastante curiosidade de ler essa, pois adoro livros com bruxas e tal. Porém vou concluir as séries que já tenho encaminhadas para depois me aventurar nessa ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  20. Minha fase de bruxa meio que só chega no halloween hahah brinks, já ouvi muitas pessoas comentando bem a respeito desse livro, e pela resenha realmente parece ter uma história com um potencial e tanto! Fiquei curiosa *-*

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Scarlets", vem conferir!

    ResponderExcluir
  21. Eu amo essa série de paixão!! Acho que são as capas mais bonitas que tenho na estante. Já li os três livros e a história fica melhor a cada volume.
    Com certeza vale muito a pena conhecer e se apaixonar pelas irmãs Cahill!!!!

    ResponderExcluir
  22. Oi, Rafa!
    Eu gostei deste livro, mas esperava mais. Achei que a autora pecou em alguns momentos por se prolongar demais e o triângulo amoroso me deixou incomodado. Ademais, os outros temas propostos e trabalhados pela autora muito me agradaram. Pretendo dar continuidade e ler os demais livros da trilogia. Espero não me decepcionar.
    Ah, e fico feliz que tenha adorado! Isso é ótimo. Parabéns pela resenha.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Rafa, eu nunca li nenhum livro de bruxas porque não é um gênero que eu goste mas, sempre tem uma primeira vez, não é mesmo?
    Eu prefiro filmes de bruxas a livros...
    Estou na fase de amar distopias, romances (sempre) e suspenses.

    Você escreve muito bem e desperta o interesse pelo livro, isso é maravilhoso, parabéns!

    Beijos.

    http://umlugarparaleresonhar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá Rafaela,

    As resenha que leio desse livro e da série são positivas, espero ler no futuro, a capa também é legal....bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Essa série é muito bem comentada, mas admito que não faz muito o meu estilo de leitura. Histórias sobrenaturais não são um vício meu, porém, essa trilogia tem pontos vem intrigantes, sem falar das capas, que são lindas em diversos aspectos.
    Apesar de bruxas não serem algo que me deixem com a curiosidade a mil, pensarei em conferir a série.
    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Já li esse livro e gostei muito do livro se passar há séculos atrás, do Finn, da magia e Cate, e odiei a Maura, até hoje estou tentando ter coragem para ler o próximo, mas estou com receio por causa da profecia e me disseram que o último não é muito com.

    ResponderExcluir
  27. Oi Rafaela. Um dos melhores livros que você leu??? :ooo. Tenho esse livro em minha estante e já estava bem ansioso para a leitura deste. Agora, com essa resenha, não posso esperar mais nenhum minuto para começar a devorá-lo.

    ResponderExcluir
  28. Oie
    Eu quero começar essa trilogia pelo fato dela falar sobre Bruxas.Gosto de livros que trazem um estilo de introdução pra o que vem a seguir,os personagens tem suas qualidades e Cate parece ser bem madura pra idade dela.E espero que a história seja tão empolgante como ela parece ser.A capa dessa trilogia é magnifica mesmo.

    ResponderExcluir
  29. É legal abordar um assunto como o das mulheres serem delicadas e sensiveis quando somos tão fortes e guerreiras, porque dá um ar de feminismo.
    Eu amo bruxas desde que conheci a Boonie de TVD, ela com toda a certeza é minha favorita.
    Achei o livro interessante, e leve.

    ResponderExcluir
  30. Acho a capa linda, já li o primeiro e achei legal, não foi meu favorito sabe? mas gostei da Kate e o Finn, espero ansiosamente para ler a resenha dos outros.
    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Gostei da capa, li os dois primeiros e amei, por não focar só no romance, estou esperando ansiosamente para ler o último, amei falar sobre bruxas, odeio a Maura.

    ResponderExcluir
  32. Vejo que o livro vale e muito a pena. Estou com ele empacado aqui porque não tenho o 3 e gostaria de ler um depois do outro. A trama parece ser boa e bem escrita e não me pareceu clichê, apesar de não ser original. Acho que é uma boa história e que vou gostar muito. Ansiosa para conferir também!

    ResponderExcluir
  33. Há muito tempo quero ler As Crônicas das irmãs bruxas, a série está na minha lista de desejos há muito tempo, mas não pude comprar livros recentemente. A primeira coisa que me encantou foram as capas, são incrivelmente lindas! Claro que a história também me interessou muito! Nunca li nada parecido com o que esse livro traz. Quero muito conhecer as irmãs Cahill e saber quais são seus incríveis poderes e suas capacidades! Será que existe caça às bruxas nessa série? ~curiosa!
    Ótima resenha, Rafa!
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  34. Eu ainda não tive a oportunidade de ler os livros dessa trilogia, mas está na lista dos que eu pretendo ler esse ano <3 com as outras resenhas que já li sobre ela, realmente me agradou e com esse não ia ser diferente. Adorei seu ponto de vista, me fez querer ainda mais ler haha beijox

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária