Leituras da Candi: "A menina que semeava"

"Oi, meu nome é Candida Desirée, mas você pode me chamar de Candi, tenho 18 anos e moro na Bahia. Sou apaixonada e viciada em livros, séries de TV, cinema, Harry Potter, Percy Jackson e Game of Thrones. Se a vida ficar ruim, abra um livro e mergulhe na verdadeira fantasia."
"Chris Astor é um homem de seus quarenta e poucos anos que está passando pelo mais difícil trecho de sua vida. Ele tem uma filha, Becky, de 14 anos, que já passou imensas dificuldades até chegar a se tornar uma moça vibrante e alegre, mas que parece que terá de enfrentar mais um grande problema em sua vida. 

Quando Becky era pequena e teve câncer. Chris e ela inventaram um conto de fadas, uma fantasia infantil que adquiriu vida e tornou-se um terrível, provavelmente fatal, problema. Agora, Chris, Becky e Miea (a jovem rainha da fantasia criada por pai e filha) terão de desvendar um segredo: o segredo de por que seus mundos de fantasia e realidade se juntaram neste momento. O segredo para o propósito disso tudo. O segredo para o futuro. É um segredo que, se descoberto, irá redefinir a mente de todos eles. A menina que semeava é um romance de esforço e esperança, invenção e redescoberta. Ele pode muito bem levá-lo a algum lugar que você nunca imaginou que existisse."

De início, eu achei o livro um pouco confuso por estarmos sendo jogados no universo dos personagens sem antes ter sido apresentado ou conhecido um pouco deles, mas com o passar da leitura, passei a conhecê-los melhor e a saber distinguir um dos outros, e isso ajudou a fluir a leitura num instante. E você se apega e adora muitos deles. Eu particularmente fiquei encantada pela Miea, e adorava ver a interação da Becky, e Polly, a mãe cética da protagonista.

A história, apesar de ser em terceira pessoa e mostrar o ponto de vista de vários personagens, com a vida de Becky, uma menina de 14 anos que está lidando com o divórcio dos pais, e que aos cinco anos foi diagnosticada com câncer, o que embora tenha desestruturado seus pais, levou ela e seu pai a criarem um mundo imaginário chamado Tamarisk, com o propósito de animá-la. As histórias viram um ritual noturno até o divórcio dos pais da garota quase 10 anos depois. Pouco depois do divórcio é quando Becky parece estar doente novamente.

Após o divórcio dos seus pais, Becky esquece Tamarisk de vez e a princesa Miea. Até o dia em que a garota consegue parar no mundo em que criou e descobre que ele é real, e que está passando por uma praga que está destruindo tudo. Decidida, Becky pede ajuda para seu pai para salvarem Tamarisk, ao mesmo tempo em que tem que lidar com o fato que está doente novamente. 

O livro tem uma narrativa mágica, linda e fluente. Apesar de ter uma 400 páginas, é algo legal de se ler e vale muito a pena. Tamarisk é bem descrito, e é um livro emocionante, que conquista você logo pela capa (muito bem feita aliás, parabéns a Marina Avila pelo excelente trabalho), e é altamente recomendável.

Love always, Candida.
  • Escrito por Lou Aronica.
  • Editora Novo Conceito.
  • Tradução: Maria Ângela Amorim de Paschoal.
  • 416 páginas.
  • Disponível em todas as livrarias.
*Imagem retirada do Skoob.

6 comentários:

  1. Apesar do título soar meio estranho, a obra em si parece ser legal! adoro tudo que aborde esse universo mágico!
    Beijos

    http://itsfangirltime.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafa!
    Esse livro está na minha estante há um bom tempo. Ainda não havia despertado o interesse pela leitura até ler sua resenha. Parece ser uma leitura comovente.
    Acho desnecessário quando os autores, de início, não apresentam todo o universo da história ao leitor. Isso é necessário para uma melhor compreensão da trama.
    Espero não me decepcionar e apreciar a leitura assim como você.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  3. Olá estou para ler esse livro desde o ano passado, eu curti o enredo da história e lendo a sua resenha fiquei mais curiosa!'
    Bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  4. Eu amei esse livro!!!
    Achei ele tão mágico, emocionante e diferente! Comecei a ler achando que seria uma coisa e a criatividade da autora me surpreendeu :)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  5. em principio não chamou minha atenção, mas depois fiquei cativada pelo enredo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Acredita que tenho esse livro na estante há um bom tempo e ainda não li?? Acho a capa linda, mas a história ainda não tinha despertado meu interesse. Depois dessa ótima resenha acho que vou dar uma chance à obra.

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária