O Verbo Delas: Abelhinha e Sarah O'Rourke

"Meu nome é Renata Lôbo, tenho 25 anos e moro em São Paulo. Sou mamãe 24h por dia, estudante de Letras cinco dias por semana, leitora compulsiva, e escritora amadora nas horas vagas. E essa é a Coluna O Verbo Delas. Espero que gostem."
Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Como esse mês foi o mês das mulheres, O Verbo Delas trouxe duas personagens muito especiais para vocês conhecerem, são as duas personagens - porque é impossível falar só de uma - do livro Pequena Abelha do autor britânico Chris Cleave. Elas se chamam Abelhinha e Sarah O'Rourke.


Abelhinha é uma refugiada nigeriana que vem pedir abrigo na Inglaterra - na verdade, Abelhinha não é o seu nome verdadeiro, mas é o nome que ela termina adotando em um momento importante da sua vida, e é quem ela se torna. Sarah é uma jornalista inglesa que trabalha como editora-chefe de uma revista feminina, ela é casada com o Andrew e possuem um filho, o Charlie.

Como eu disse não é possível contar apenas sobre uma delas, pois a vida e a história dessas duas personagens está entrelaçada de um jeito tão doloroso e brutal que apesar de não possuírem nada em comum, tem tudo em comum. É a história de duas mulheres que se cruzam por acaso em um momento difícil. A sinopse do livro não revela absolutamente nada sobre sua história, na verdade nos é feito um pedido, que se mantenha o suspense sobre o assunto. Então a pergunta é: porque falar sobre Pequena Abelha? E eis minha resposta: porque algo precisa ser dito, porque esse é o mês das mulheres, e porque essas duas são as personagens mais fortes e incríveis que eu já conheci.

Nada supera a doçura da Abelhinha ao narrar a sua história, ao nos invadir com suas lembranças, seus medos e suas esperanças. Nada te prepara para entrar na pele da Sarah,  seu choque com a realidade, essa realidade que nos parece banal e distante. Nada nos prepara para a história que Chris Cleave nos conta. 

São duas personagens para nos fazer refletir, e sinceramente eu não gostaria de estar na pele da Sarah, pois não tenho certeza se seria tão corajosa quanto ela, da mesma forma que eu não tenho certeza se conseguiria manter a mesma inocência da Abelhinha depois de tudo que ela viveu, a forma como ela encara o mundo é tão doce e triste que me faz querer chorar.

Elas são lindas, cada uma do seu próprio jeito. Cada uma forte e corajosa ao seu próprio modo, e embora não sejam reais, poderiam muito bem ser. Não posso falar muito, pois não quero estragar a magia desse livro - que reside justamente em entrar na história, na vida dessas duas mulheres, sem saber absolutamente nada do que te espera. Mas posso dizer isso aqui: preparem-se para se emocionar, para repensar a forma como você lida com a sua vida, para se encantar com a garra, a coragem, a determinação e a doçura dessas duas personagens, se surpreenda ao ver o mundo através dos olhos delas e descubra até onde vai a linha que traça o ser como humano, capaz de todo tipo de barbaridade, mas também capaz de dar a mão ao próximo sem medir as consequências.
"Chá tem o mesmo gosto da minha terra: é amargo e quente, forte e carregado de lembranças. Tem gosto de saudade." - Pequena Abelha, página 136.
* O livro Pequena Abelha foi publicado no Brasil pela Editora Intrínseca.
A BBC Films adquiriu os direitos do livro que vai ser adaptado no cinema e terá ainda Nicole Kidman no papel da Sarah O'Rourke.

6 comentários:

  1. Ai, eu juro que não li!

    Mas deixa eu me explicar, eu tenho muuuita vontade de ler esse livro, mas é que todo mundo faz um mistério com ele, que eu evito spoiler igual o diabo evita a cruz!

    Acho que até a sinopse fala disso, né? Então, foi mal, baby xD

    Beijitos

    ResponderExcluir
  2. Oi Renata! Oi Rafa!
    Eu tenho muita vontade de ler Pequena Abelha. Todo mundo fala que é um livro lindo e eu sei que vou me emocionar horrores. Mas toda vez que penso: "Vou comprar", acontece algo e não compro.
    Adorei a resenha. Me deixou com mais vontade de ler, pq o livro parece ser ainda melhor do que imaginei. Espero poder ler em breve e não deixar nada me impedir de comprá-lo. rs
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi meninas! Que vergonha! Nunca ouvi falar do livro, e pelo que vi é bem conhecido.Gostei mesmo da dica e da homenagem feita para todas nós. Se tiver oportunidade vou ler com certeza. Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Li por indicação da minha escritora favorita... Renata Lôbo que conhece muito o mundo dos livros de ambos os gostos e principalmente me conhece e acertou na hora que me disse que iria gostar. Gostei muito da resenha porque mesmo falando da força e da história você faz muito suspense que é o que o autor pede! Só me lembro de ti que a única coisa que me falou foi... "LÊ que você vai gostar e não vai querer parar" E é bem isso, só queria que a história não terminasse! Rs :)))

    ResponderExcluir
  5. Eu simplesmente amei esse livro!
    Forte e surpreendente!
    Adorei a dica
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ja ouvi falar que é muito bom, mas eu nao li esse livro ainda. Pela descrição das personagens achei super bacana
    Tb gosto de personagens assim e super admiro
    Depois vou ver se adoto ele hehehe

    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária