Dialogando: com Larissa Siriani

Bom dia, queridos!

Nada melhor do que começar a nova coluna de entrevistas, "Dialogando", com uma das minhas autoras favoritas... Larissa Siriani. Paulistana, 20 anos e autora de As Bruxas de Oxford (publicado pela Editora Multifoco), Sangue Vermelho, Toda Garota Quer e Ardente Perigo (publicados de forma independente).

Exclusiva para o blog.

1- Olá Larissa! Com apenas 20 anos, você já teve 4 livros publicados, qual é a sensação?
É uma mistura de "dever cumprido" com "ainda tenho muito pela frente" haha. O fato de eu ter conseguido me lançar no mercado e de estar abrindo meu próprio espaço é o que gera a sensação de dever cumprido, aquele orgulhinho mesmo, sabe? Mas sempre tenho novos planos em mente e ainda há tanta coisa que eu quero fazer e conquistar que ainda fica o gostinho de quero mais. É mais ou menos por aí.

2- E quanto às dificuldades de publicá-los de forma independente? (Lembrando que apenas o último livro da autora foi publicado por uma editora)
Além das dificuldades financeiras (rsrs) acho que a maior é a divulgação. Hoje publicar um livro é fácil - você pode contratar uma das várias editoras que publicam sob demanda e ver seu sonho se tornando real. Isso não quer dizer que você já esteja com tudo pronto. Chegar até os leitores, tornar-se conhecido, chamar atenção, gerar interesse, essa é a parte mais difícil, especialmente quando a publicação é independente e o autor se encontra sozinho pra buscar seu espaço (como é o meu caso).

3- Quais são as suas preferências literárias? E de que forma elas te influenciaram para escrever seus livros?
Eu leio de quase tudo, mas tenho uma tendência muito maior pra chick-lits e fantasia. Eu sempre digo que todo livro que eu leio me influencia de alguma maneira. Se a história é boa, ou se a narrativa do autor é excelente e fluída, automaticamente isso me dá um pique novo de "quero escrever que nem esse cara" ou "nossa, adoraria ter tido essa ideia". Às vezes nem me influencia numa história que eu esteja escrevendo ou a criar algo novo, mas simplesmente me dando um ideal de escrita que eu quero atingir, trabalhando até chegar lá.

4- Os livros podem marcar de maneira bem impactante a vida dos leitores. Para você, quais foram os livros que mais marcaram a sua vida?
Pergunta difícil! Tem uma lista, na verdade haha! Desde os gibis da Turma da Mônica (com os quais eu aprendi a ler), passando pelos livros do Pedro Bandeira e da série Harry Potter (com os quais eu tomei gosto pela leitura no comecinho da adolescência) e chegando até outros muitos livros que eu adoro. Todo livro impactou a minha vida de alguma maneira, mesmo que eu não tenha me dado conta na hora.

5- Como é o processo de escrita de seus livros?
Depende muito. Até uns tempos atrás eu me dedicava a três, quatro projetos simultaneamente. Era uma coisa bem descontrolada mesmo, então um livro ou um conto podia demorar um mês ou dois anos pra ficar pronto. Tem coisa que eu parei há três ou quatro anos e nunca mais retomei. Hoje em dia, como quase não tenho tempo pra sentar e escrever, parei com isso. Estipulei a meta de escrever um pouquinho todo dia, mas sempre do mesmo livro ou conto, sem interromper uma coisa por causa de outra. Só passo pra um novo projeto se eu abandonar o que estou trabalhando por algum motivo ou quando terminar. E priorizo as revisões, também, coisa que antigamente não fazia nunca. A partir do momento em que eu assumi a literatura enquanto trabalho eu precisei me organizar haha! Mas o processo individual de cada livro depende muito tanto sobre o que estou escrevendo como quanto tempo eu tenho pra me dedicar.

6- As Bruxas de Oxford é o primeiro de uma trilogia. De onde veio a ideia de escrevê-lo? Você já havia decidido desde o começo que seriam 3 livros?
A ideia surgiu juntando duas coisas com as quais eu tinha muita vontade de trabalhar: magia e reencarnação. Um dia imaginei uma garota que seria a reencarnação de uma bruxa e voilá: as ideias pipocaram! haha! Eu comecei pesquisando sem muito afinco, e escrevendo sem saber no que ia dar. Não era nem pra ter se tornado um livro, quanto mais três. Eu tinha planejado uma coisa muito mais simples e sem graça, mas depois que eu comecei a me animar, a história foi ficando tão grande que ela fugiu do meu controle e eu sabia que não dava pra parar por ali; e então veio a trilogia :)

7- Por fim, um recado para quem está começando a escrever.
Dedique-se, leia muito e não desista. São as três coisas mais importantes, eu acho. Dedique-se escrevendo diariamente, mesmo que seja só um textinho sem nexo ou um microconto - a prática é tudo. Ler... não preciso nem falar, né? Não existe escritor que não leia! E não desistir é um recado pra todo mundo, sobre qualquer coisa: se você quer muito uma coisa, não vai conseguir nada ficando parado e muito menos se largar mão, então corre atrás :)
Beijocas
Larissa Siriani

Bom, galera linda, that's it!
Espero que tenham gostado da entrevista e da nova coluna.

12 comentários:

  1. Gostei da entrevista com a Larissa!
    Não tive oportunidade de ler As Bruxas de Oxford ainda, mas já li bons comentários. ^^

    Desejo muito sucesso pra autora e muitas outras boas entrevistas para o blog! \o/

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é maravilhoso, Juh. =)
      Muito obrigada!! *-----*

      Beijocas.

      Excluir
  2. Ainda não li os livros da Lari, mas só leio resenhas positivas.
    Gostei da entrevista, ela é bem novinha né...tem talento rs
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacque! =)
      Por enquanto eu só li As Bruxas de Oxford, e preciso com urgência comprar e ler os outros três.
      É mesmo.

      Beijocas.

      Excluir
  3. Gente, deve ser muito difícil publicação independente ;/ Ainda não li nenhum dos livros da autora, mas vou pesquisar na certa ;D
    Boa Sorte para ela!

    Beijitos
    http://www.bookpetit.com/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, não conhecia a autora nem os livros. Gostei bastante da entrevista! Vou pesquisar mais sobre as obras com certeza...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pelos comentários, meninas!
    Vocês vão gostar de conhecer os livros da autora. =)

    Beijocas. =*

    ResponderExcluir
  6. Entrevista muito bem conduzida, com questões que nos fazem querer conhecer a obra da autora.

    ResponderExcluir
  7. Amei a entrevista! E a Larissa parece muito simpática! Ela é apenas dois anos mais velha que eu e tem quatro livros publicados, estou ficando esperançosa! *-* Parabéns e sucesso para a autora! :D

    Beijoes!
    @mariapsalles - http://jardimdeborboletas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Adorei a entrevista!!! Ela é bem novinha mesmo, mais nova que eu até, mas eu não perco as esperanças. Mas como ela disse, para se conseguir alguma coisa não se pode desistir...:)

    Parabéns pela entrevista, vou procurar saber mais sobre a autora lendo as suas resenhas e depois comprando os livros dela. Ainda tenho que decidir qual ler primeiro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi rafa, adoro os livros da , só li dois mas já me apaixonei pelo jeito de ela escrever... Em breve vou fazer novas aquisições de seus livros...

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária